top of page
IMG_3061-min.JPG

TEWÁ 225

Tewá significa “tecnologia” no idioma Yorubá, tecnologia social que construímos em parceria com nossos clientes em todos os setores da economia.

Tecemos transformação social a partir da aplicação dos conhecimentos da socioeconomia nas áreas de sustentabilidade e políticas públicas.

Mas para fazermos isso de forma a gerar valor compartilhado, é preciso saber que o caminho importa tanto quanto o destino. Por isso o artigo 225 (Constituição Brasileira de 1988) norteia nossa prática, tornando-a democrática, participativa, envolvente, para que a sociedade co-crie seu futuro.

Somos uma empresa 100% liderada e composta por mulheres, em sua diversidade .

Venha conhecer nosso trabalho e tecer conosco essa história.

Fundo-ilustracao-tewa-8.png

MISSÃO

Facilitar os processos de transformação a partir da participação social efetiva, fortalecendo e politizando grupos socialmente vulnerabilizados e rompendo estruturas institucionais rígidas à sua escuta.

VISÃO

Ser uma organização que atua na resolução de problemas centrais à redução das desigualdades sociais no Brasil.

VALORES

Conhecer para transformar

A geração de conteúdos, dados e indicadores sociais é apenas o ponto de partida para uma prática sustentável e reparadora. É necessário que a leitura desses conteúdos se transforme em narrativas e seja apropriada pelos atores que participam do processo da mudança.

Liderança com participação

Todos os processos realmente transformadores engajam seus participantes na construção conjunta do resultado. Isso não quer dizer que não haja liderança. Ao contrário, quando o processo mostra-se aberto ao diálogo, as lideranças naturais aparecem e são fortalecidas pelo coletivo.

Valor
compartilhado

Acreditamos que é necessário pedir licença quando entramos em casa alheia (LSO), no entanto podemos ser visitantes de mãos vazias ou levarmos algo para compartilhar em conjunto. A geração de valor compartilhado é o ponto de partida para a licença social.

Estado, berço da conciliação

O Estado em sua essência possui diversos significados teóricos. Acreditamos naquele em que ele é uma teia de relações entre grupos, mediadas por leis e burocracias que permitam a conciliação dos interesses. Nesse sentido, o envolvimento do poder público e a oportunidade de criação de políticas transformadoras atendem aos diferentes interesses gerando benefícios às comunidades e fiscalização das relações.

IMG_1083-min.JPG

EQUIPE

Cada membro da equipe possui conhecimentos e experiências únicas, o que nos permite lidar com uma ampla gama de projetos e tarefas. Estamos constantemente atualizados sobre as últimas tendências e avanços em nossa área, buscando o aprimoramento contínuo e o desenvolvimento pessoal.

Cibele_edited.jpg
Cibele
Oliveira

Analista de Pesquisa

Doutora em Geografia e mestre em Geografia na área de análise ambiental e dinâmica territorial.

Marina_edited.jpg
Marina
Schkolnick

Analista de Pesquisa

Mestre em Planejamento Territorial para Regiões em Economias Emergentes e bacharel em Planejamento Territorial e Humanidades.

Foto Amanda_edited.jpg
Amanda Andrade

Analista de Comunicação

Bacharel em Jornalismo, com experiência em planejamento de conteúdo digital e relações públicas. Atuou como repórter do G1, Poder360 e colaborou com UOL. 

Luciana 2_edited.jpg
Luciana
Sonck

CEO

Mestre em Planejamento e Gestão de Territórios, com especialização nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 

Gabriela 2_edited.jpg
Gabriela
Oliveira

Conselheira

Técnica em Meio Ambiente e Psicóloga, especialista em Responsabilidade Social Corporativa e Sustentabilidade.

Fernanda 2_edited.jpg
Fernanda
Mallak

CPO

Doutora em Sociologia, mestre em planejamento e gestão territorial, especialista em risco social e direito à cidades.

1698406753114_edited.png
DAMARIS
CAMPOS

Assistente Administrativo

Mestranda em Políticas Sociais e graduada em Ciências Econômicas.

bottom of page